OABPREV-SP ADEQUA INVESTIMENTOS AO CENÁRIO DE QUEDA DOS JUROS


A redução da taxa básica de juros (Selic) promovida pelo Banco Central, acompanhada de uma série de iniciativas do Governo Federal para fazer caírem os juros reais, traz dúvidas para quem tem dinheiro aplicado em fundos de investimento ou mesmo de previdência. Certamente, modificações têm de ser efetuadas em nome da rentabilidade das aplicações. A OABPrev-SP já tomou precauções, fazendo alterações pontuais na sua política de investimentos para 2012.

A característica moderada do fundo de previdência dos advogados será mantida, permanecendo 85% de seus ativos direcionados para renda fixa, e 15% para renda variável. A principal mudança acontecerá no campo majoritário (renda fixa), com redução das aplicações em CDIs. “Não se pode estar indexado a uma taxa de juros em queda, por isso serão priorizados os investimentos atrelados à inflação”, afirma Nathan Batista, da Aditus Consultoria Financeira, empresa que assessora a OABPrev-SP. “Desde 2011 vínhamos demonstrando que a estratégia deve levar em conta uma queda consistente dos juros”, salienta.

A modificação foi determinada pela Diretoria Executiva e pelo Conselho Deliberativo da OABPrev-SP, com base nas recomendações da Aditus e em sintonia com as análises da Icatu Vanguarda, empresa que gere os investimentos do fundo de previdência. “Decidiu-se migrar dos CDIs para os títulos atrelados à inflação, priorizando ativos com prazos maiores, cujas taxas são mais atrativas”, explica Bruno Horovitz, diretor comercial da Icatu Vanguarda.
Em relatório enviado aos dirigentes da OABPrev-SP, os analistas da Aditus destacaram: “Atualmente (e provavelmente daqui para frente), os mandatos em CDI não serão capazes de gerar retornos superiores a 6% (e até 5%) ao ano de juros reais. Já antevendo a continuidade nos cortes de juros nos próximos meses, tais mandatos gerarão retornos insuficientes para o cumprimento das metas atuariais”.

Dos recursos da OABPrev-SP alocados em renda variável (15%), a maior parcela continuará a ser direcionada a fundos desalinhados ao IBX. “Essa estratégia tem se mostrado vitoriosa: ficamos 7% acima do IBX em termos de rendimento em 2011”, diz Horovitz. Segundo Batista, dentro desse campo se buscará maior diversificação. “Serão procurados diferentes mandatos que tenham pouca correlação com o IBX, de forma que se continue obtendo um ganho potencial acima desse índice”, sublinha o consultor da Aditus, citando entre esses mandatos (termo técnico que designa grupos de fundos conforme a estratégia predominante) os fundos de dividendos. “No longo prazo, os dividendos sempre ganham do IBX – tem sido assim nos últimos anos”, corrobora Horovitz.

A rentabilidade do fundo dos advogados tem atingido bons resultados, consideradas a volatilidade do mercado financeiro. O retorno líquido alcançado em 2011 (janeiro a dezembro) foi de 8,61%, num cenário em que o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) foi de 6,50% e a caderneta de poupança rendeu 7,50%. Desde que entrou em atividade, em 2006, até hoje, a OABPrev-SP acumula rentabilidade de 77,07%, conforme apurado pela Data A Consultoria, empresa de auditoria especializada em planos de previdência.
“Nosso objetivo continua sendo proporcionar a maior rentabilidade ao participante aliada ao componente da segurança, como deve prevalecer num fundo de previdência”, enfatiza o presidente da OABPrev-SP, Luís Ricardo Marcondes Martins. Segundo o presidente do Conselho Deliberativo da entidade, Jarbas de Biagi, “uma dos aspectos positivos da previdência complementar é que os investimentos se dão em escala, por isso é possível investir valores maiores com menores custos”.
“Continuamos trabalhando para que, no comparativo, a rentabilidade dos nossos investimentos supere as demais opções seguras do mercado”, assinala Marco Antonio Cavezzale Curia, diretor financeiro da OABPrev-SP.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s